Sábado, 23 de Agosto de 2008
comentar

Carlos,

 

disparate pedir a demissão do (pseudo) Ministro da Administração Interna?

 

Disparate porque não se passa nada disto?

E porque entretanto não existiram mais notícias de assaltos a bombas de gasolina? (3 na mesma noite!)

 

Não sei se a demissão do Ministro resolverá o problema da insegurança. Não temos essa certeza! Mas uma certeza há, é que a manutenção deste Ministro não irá resolver o problema. Até diria mais, com a manutenção deste governo, infelizmente, parece que o problema continuará.

 

A tomada de posição do PSD peca por escassa. Há outros Ministros que deveriam ir no "pacote"!

 

Não vou virar imagens ao contrário, neste caso o disparate fica bem expresso na imagem.

 

 

Tags:
5 comentários:
De tricAmigo a 23 de Agosto de 2008 às 02:07
"O número de ‘falsos empregados’ pode ser superior a 100 mil. Este é o universo de pessoas em formação profissional remunerada e que, por isso, não são consideradas desempregadas à luz dos critérios usados pelo Instituto Nacional de Estatística"

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=106379

tanta propaganda xuxa a afirmar que poderão atingir o 150 000 empregos, quando no maximo sem as aldrabices numericas do INE serão apenas 50 000! Aldrabices e mais aldrabices. Vergonhoso!





De Daniel Geraldes a 23 de Agosto de 2008 às 02:07
De facto, este Ministro tem os gráficos invertidos, e já provou que não serve, pode ser muito bom em muita coisa, mas para Ministro não serve.


De Miguel Lopes a 23 de Agosto de 2008 às 04:33
Não percebi este post ...mas já chegámos à telecracia ? Avaliar o desempenho do ministro assim ao zapping, com base em efemérides que de tão ordinárias nem para o share servem, quanto mais para avaliar quem quer que seja. O que é isto? Oposição? Ou não será o Zé Hortênsio em amena cavaqueira, com os cotovelos e a imperial em cima do correio da manhã, a cuspir sentenças sobre o preço da uva?
Caro Rodrigo Saraiva, diga lá quantas notícias sobre criminalidade são necessárias para um ministro ponderar a demissão.


De Odete Pinto a 23 de Agosto de 2008 às 11:57
Já que não se pode demitir/punir os juízes que libertam criminosos ou aplicam "medidas de coação" inapropriadas, para não dizer ridículas!

E se começássemos por aí?

Os criminosos "sentem" um clima de impunidade total. Até se dão ao luxo de apresentar identidade falsa ao tribunal...


De Fernando Vasconcelos a 23 de Agosto de 2008 às 13:25
1. Onde estão os dados que a criminalidade está efectivamente a aumentar ? Se queriam fazer um comentário politico sério a comissão permanente do PSD tinha de os fornecer. Senão não passa de um "hear say" baseado em noticias que são e valem o que valem.
2. Mesmo admitindo que há um surto de criminalidade violenta haveria que explicar concretamente de que maneiras a politica do ministro influenciou negativamente esse problema.
3. Finalmente haveria que demonstrar que outras soluções politicas seriam melhores.
Na falta destas coisas a declaração da comissão politica do PSD não é minimamente credível e é simplesmente populista. Para quem faz do silêncio a cultura pelo desejo de relevância resulta muito estranho. Aplicando o mesmo critério da comissão permanente do PSD como corolário deste comentário pediria a sua demissão ...


Comentar post

Pesquisar
 
Contactos
camaradecomuns@sapo.pt

Editorial

Visitantes online

Comentários Recentes
Para mim casamento deve ser entre um homem e uma m...
Caro RFCom a modéstia com que foi escrito, podes t...
N sei q espirito deus aspirou pr a Africa. este co...
Mocambique està mais que tudo isto, sinto d...
e há cartas que nunca chegam.
Aguem colocou esta carta excelente na página de PP...
Τambém gosto de brincar aos pobrezinhos.NUNCA MAIS...
Τambém gosto de brincar aos pobrezinhos.NUNCA MAIS...
Everdade este pais precisa de um bom governador k ...
Casino EstorilA falta de escrúpulos veio para fic...
Tags

todas as tags

Links

Esquerda

5 dias
A barbearia do senhor Luís (Luís Novaes Tito)
A Busca pela Sabedoria (Micael Sousa)
A Forma e o Conteúdo (José Ferreira Marques)
A Forma Justa (Tiago Tibúrcio)
A Linha-Clube de Reflexão Política
A Nossa Candeia (Ana Paula Fitas)
Absorto (Eduardo Graça)
Activismo de Sofá (João R. Vasconcelos)
Adeus Lenine
Arrastão
Aspirina B
Banco Corrido (Paulo Pedroso)
Bicho Carpinteiro
Câmara Corporativa
Câmara de Comuns
Cantigueiro
Causa Nossa
Cortex Frontal
Defender o Quadrado (Sofia Loureiro dos Santos)
Der Terrorist (José Simões)
Entre as brumas da memória (Joana Lopes)
Esquerda Republicana
Hoje há conquilhas (Tomás Vasques)
Irmão Lúcia (Pedro Vieira)
Jovem Socialista
Jugular
Ladrões de Bicicletas
Les Canards libertaîres
Léxico Familiar (Pedro Adão e Silva)
Loja de Ideias
Luminária
Machina Speculatrix (Porfírio Silva)
Maia Actual
Mãos Visíveis
Mário Ruivo
Metapolítica (Tiago Barbosa Ribeiro)
Minoria Relativa
O Grande Zoo (Rui Namorado)
O Jumento
O Povo é Sereno
Raiz Política
Rui Tavares
Spectrum
Vias de facto
Vou ali e já venho (André Costa)
Vozes de Burros

Direita

31 da Armada
4R – Quarta República
A Arte da Fuga
A Douta Ignorância
A Origem das Espécies (Francisco José Viegas)
Abrupto (José Pacheco Pereira)
Albergue Espanhol
Alunos do Liberalismo
Blasfémias
Causa Monárquica (Rui Monteiro)
Clube das Repúblicas Mortas (Henrique Raposo)
Corta-fitas
Delito de Opinião
Era uma vez na América
Estado Sentido
Geração Rasca
Herdeiro de Aécio
Macroscópio
Menino Rabino (Marco Moreira)
Mercado de Limões (Tiago Tavares)
Minoria Ruidosa (Miguel Vaz)
O Cachimbo de Magritte
O Diplomata (Alexandre Guerra)
O Insurgente
Ordem Natural (Rui Botelho Rodrigues)
Palavrossavrvs Rex (Joaquim Carlos Santos)
Portugal Contemporâneo
Portugal dos Pequeninos
Psicolaranja
República do Caústico (João Maria Condeixa)
Rua da Judiaria
Suction with Valcheck
União de Facto

Outros

A Baixa do Porto (Tiago Azevedo Fernandes)
A Cidade Deprimente
A Cidade Supreendente
A Terceira Noite
Clube dos Pensadores (Joaquim Jorge)
De Rerum Natura
É tudo gente morta
Horas Extraordinárias (Maria do Rosário Pedreira)
Notas ao Café
O Diplomata
Arquivo

Abril 2015

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008