1 comentário

Um jornalista venezuelano foi interrogado durante sete horas, sem a presença de um avogado, por um procurador militar que pretendia que ele revelasse as suas fontes - denunciou hoje o Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Imprensa (SNTP).

 

Mais um exemplo de respeito pela Liberdade e Direitos na Venezuela de Chávez.

 

Já agora, a propósito da nossa eleição de 27 de Setembro, alguém podia dizer a Manuela Ferreira Leite que Portugal é um Estado de Direito Democrático, onde a Liberdade e os Direitos são respeitados. Pelo menos não apresentava argumentos parvos e demagógicos, como referiu no debate com Paulo Portas, acusando o Governo do PS de controlo autocrático do País. Primeiro, por que essa frase, é ela mesmo evidência da Liberdade que há em Portugal e, em segundo, por que ofende quem pretende, em Liberdade, desempenhar as suas funções e é perseguido, como na Venezuela.

 

 

Tags:
2 comentários

O Senado aprovou nesta terça-feira um "voto de cesura" contra o autoritarismo do governo do presidente venezuelano Hugo Chávez. O pedido foi apresentado pelo senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) e já tinha recebido o aval da Comissão de Relações Exteriores. Com a aprovação, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), encaminhará o texto ao parlamento venezuelano.

No requerimento, Ribeiro afirma que Chávez impede um dos principais direitos da democracia que é a liberdade de imprensa.

 

Boa iniciativa do Senador Flexa Ribeiro. Haja alguém na América do Sul que condene as práticas nada democráticas do pseudo-biblista-bolivarista venezuelano.

 

Se fosse alguém da Colômbia, já estaria Chávez a estrebuchar.

 

Veremos o que diz a esta posição do Senado brasileiro.

Tags: ,
comentar

Vi nos jornais que Noam Chomsky esteve na Venezuela, onde elogiou o populista e o populismo do chavismo, como um novo modelo civilizacional.

 

Chomsky é, hoje, um nome consagrado da semiologia e, como analista político é uma pessoa totalmente desacretidada.

 

O que tanto critica, e nalguns casos com sentido os EUA, é o mesmo que não quer ver em que tipo de regime se está a transformar a Venezuela. 

Tags:
comentar

Chavez contra Obama

 

João Marques de Almeida engana-se num ponto. Chávez não está contra Obama ou Bush. Está contra os EUA, qualquer que seja o seu Presidente.

 

A táctica do populista é conhecida e datada. Todos os meios justificam todos os fins. Isto é, para continuar a limitar a Liberdade dos venezuelanos, que Chávez denomina de progressos sociais e políticos revolucionários, tem de se identificar um inimigo, no caso externo, para impor a sua política.

 

O pseudo-biblista-bolivarista, sem os EUA terem dito ou mexido uma palha, no caso hondurenho, já estava a culpar a Casa Branca pelo sucedido neste Estado da América Central.  

Tags: ,
1 comentário

Hugo Chávez anunciou várias medidas económicas para protestar contra a instalação de sete bases norte-americanas na Colômbia e advertiu o Presidente norte-americano Barack Obama de que a presença militar dos Estados Unidos “pode causar uma guerra na América do Sul".

 

Chávez continua fiel à demagogia e populismo que o caracterizam. E, como sempre, nada como a velha e conhecida lengalenga de indicar os EUA como o império que quer dominar os povos oprimidos. Quando, na verdade, quem condena e oprime as populações, no caso a venezuelana, é o próprio Presidente da República venezuelana com as suas medidas.

 

Agora, a Colômbia, por acertar entendimentos com os EUA a instalação de sete bases militares no país, lá vem o velho e repetido grito de Caracas acusar o império de atacar e que uma guerra pode eclodir.

 

Só a hipocrisia de Chávez, e dos seus directos seguidores, da Bolívia e Equador, podem descortinar uma qualquer hipótese de ataque dos EUA.

Tags: , ,
comentar

Venezuela será el único país que penalice delitos mediáticos

 

Las naciones americanas, excepto Cuba, se orientan hacia la despenalización de la expresión y la información. Si el proyecto presentado a la Asamblea Nacional por la máxima autoridad del Ministerio Público (la institución garante de la legalidad en el país) se convierte en ley, nuestro país acelerará su marcha atrás en materia de libertad de expresión

 

Héctor Faúndez, director del Centro de Estudios de Derechos Humanos de la UCV, asegura que la propuesta de Ortega se parece a la legislación que impuso Augusto Pinochet contra la prensa en Chile o a algunas medidas violatorias de la libertad de expresión e información durante la España franquista: "No conozco una legislación parecida en países democráticos".

 

Os recuos democráticos na Venezuela continuam a acelerar.

Tags:
comentar

Sempre temos Liberdade para nos expressarmos e até a tolice tem direito de manifestar o seu ponto de vista sem, com isso, ser censurada ou detida.

 

Se estivessemos na Venezuela ainda me sujeitaria a ser preso, por palavras que poderiam "atentar contra a estabilidade das instituições do Estado, a paz social, a segurança e independência da nação e a ordem pública ou que gerem a sensação de impunidade ou insegurança na população".

 

Neste blogue já se chegou ao patamar de denominar os jornais espanhol "El País" e o brasileiro "Folha de São Paulo" como "pasquins".

Tags:
comentar

Venezuela rescinde concessão de 34 rádios; ONG denuncia perigo à liberdade de expressão

 

Há factos que falam por si.

 

A Venezuela caminha, a passos largos, para um sistema tão democrático como a democrática Cuba.

Tags:
1 comentário

Hugo Chávez põe limites à liberdade de expressão

 

A democracia continua a ser desmantelada na Venezuela, ainda que o pseudo-biblista-bolivarista diga o contrário.

Tags:
comentar

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou nesta terça-feira que vai retirar o embaixador do país na Colômbia, Gustavo Márquez, e outros funcionários diplomáticos, após chamar de "irresponsável" o líder colombiano, Álvaro Uribe, por acusações de desvio de armas vendidas à Venezuela para os guerrilheiros das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia).

 

Há pouco mais de um ano Uribe e Chávez faziam as pazes. Como na altura referi, dificilmente seriam prolongadas.

Tags: ,
comentar

A Suécia pediu explicações a Caracas sobre um lote de armamento de alta potência alegadamente vendido ao exército venezuelano e confiscado pelas autoridades colombianas às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), avançou ontem imprensa venezuelana citando fontes ministeriais suecas.

 

Suécia confirma que armas apreendidas com Farc foram vendidas à Venezuela

 

Só por engano, poderá dizer Chávez e os seus convictos seguidores, é que as armas suecas, vendidas à Venezuela, foram parar às mãos das FARC. 

Tags: , ,
comentar

Un informe del Congreso de Estados Unidos advierte de una fuerte penetración del narcotráfico en Venezuela, con un aumento muy significativo del volumen de exportaciones de drogas y de la complicidad en el negocio de altos funcionarios civiles y militares del régimen, que colaboran y protegen a la guerrilla y las organizaciones criminales colombianas. En sustancia, este informe, que será dado a conocer al final de este mes, describe el nacimiento de un narcoestado en Venezuela.

 

Ese país se ha convertido, según esta investigación, en el principal centro de distribución de la cocaína producida en Colombia y en el mayor puerto de embarque de ese producto con destino, especialmente, a los mercados de Estados Unidos y España. "Un alto nivel de corrupción dentro del Gobierno venezolano, del Ejército y de otras fuerzas de orden y de seguridad ha contribuido a la creación de este clima de permisividad", asegura el informe

 

Desde 2004 hasta 2007, la cantidad de cocaína producida en Colombia y salida desde Venezuela se ha más que cuadruplicado, pasando de 60 toneladas por año a 260. Esa cifra representa, según el informe, el 17% de toda la cocaína producida en el mundo en 2007.

 

Es decir, desde el año 2004, Venezuela ha sustituido, de hecho, al tránsito de cocaína que anteriormente se generaba en la vecina Colombia. Esto se ha conseguido, según el informe, gracias a la estrecha colaboración entre las Fuerzas Armadas venezolanas y la guerrilla colombiana, intensamente involucrada en el negocio.

"Según miembros de las Fuerzas Armadas Revolucionarias de Colombia (FARC) interrogados por el Gobierno colombiano, funcionarios venezolanos, incluidos miembros de la Guardia Nacional, han recibido sobornos para facilitar el paso de cocaína desde la frontera colombiana", asegura el documento del Congreso norteamericano.

 

Já não bastava empobrecer o país, a era Chávez transforma a Venezuela num narcoestado.

Tags:
comentar

Desde que fue elegido alcalde en los comicios regionales del 23 de noviembre de 2008, Antonio Ledezma ha sido despojado, paulatinamente y bajo decreto del Ejecutivo Nacional, de casi todo el poder que le otorgaba el cargo: los de control de hospitales, las escuelas, las líneas de transporte y el cuerpo policial que protege el área metropolitana. A un mes de su elección, su Palacio de Gobierno, en el centro de Caracas, también fue tomado por un grupo de organizaciones chavistas. Semanas más tarde, el presidente venezolano, Hugo Chávez, ordenó al Parlamento la creación del cargo de jefe de Gobierno de Caracas, que será nombrado por él mismo, y al que le ha sido transferida buena parte de los bienes y las atribuciones que correspondían al alcalde. Y en medio de esta pugna política, más de 15.000 trabajadores llevan más de un mes sin cobrar sus salarios, ya que el Gobierno central se niega, además, a transferir a la alcaldía el dinero necesario para pagarles.

 

A Democracia que Chávez tanto reclama nas Honduras é o tal sistema que despreza na Venezuela.

 

 

Tags:
4 comentários

O estimado Carlos Dias Ferreira aconselha-me a ter mais cuidado por "dizer mal" de Chávez. O companheiro Miguel Lopes diz que estou numa cruzada, sem qualquer noção, contra o Presidente venezuelano.

 

Ora, nem digo mal, nem estou numa cruzada.

 

O que um e outro, por razões distintas, não querem entender acerco do que escrevo, é que o que refiro nos escritos são os constantes ataques do actual todo poderoso Presidente venezuelano à Democracia e ao Desenvolvimento, que sob em nome de uma pseudo inspiração em Bolívar e na Bíblia, comete atrozes atentados aos cidadãos venezuelanas.

 

O que é um facto, é que com condições excepcionais, a Venezuela, na última década, não diminiu o fosso da pobreza, pelo contrário. E se em termos económicos o chavismo ainda consegue disfarçar os indicadores, por causa dos petrodolares, a realidade não se disfarça. Como é que um país, como é o caso da Venezuela, consegue ter, por exemplo, mais acesso ao whisky do que ao leite? Seja rico ou pobre.

 

E, em termos políticos, os diversos atentados cometidos não têm sido aqui referidos. Para não falar na pretensão de Chávez querer governar eternamente.

 

Há casos bem gritantes do desprezo pela democracia por parte do actual regime, como sucedeu recentemente ao alcaide de Caracas, a quem "despejaram" competência por este não ser nem estar com a linha do regime. Sem esquecer o que aconteceu a Isaís Balduel (ex-número 2 de Chávez). Mas há quem não queira reconhecer o que se passa. Como se omite as ligações e relacionamento entre Chávez e as FARC? E o financiamento de amigos de outros países, para ganhar influência sobre outros Estados? Assim foi no caso boliviano, equatoriano, felizmente não vingou no Peru.

 

Por mais que se queira tomar esta abordagem, como aqui, por vezes se faz, entre a dicotomia chavismo ou neoliberalismo, continuo a dizer, e sublinhar, nem um nem outros. Há vários e bons exemplos na América Latina: Henrique Cardoso, Lagos, Bachelet ou Vásquez.

Tags:
comentar

Chávez se diz um ‘soldado’ e recua de debate com escritor

 

Nas celebrações do 10º aniversário do programa "Alo Presidente", Hugo Chávez desafiava, há dias, oponentes para debaterem com ele o seu modelo de socialismo e rumos revolucionários que o Presidente venezuelano tem imprimido na Venezuela.

O escritor e ex-candidato presidencial peruano, Mario Vargas Llosa, manifestou disponibilidade para esse debate, garantidas as condições de igualdade.

Afinal, a disposição de Chávez para dialogar não era tanta e recuou, apresentando um argumento descabido, de que ele era de uma liga superior. Se Vargas Llosa quer debater com Chávez tem, primeiro, de ser Presidente. Há gestos que valem por muitas palavras. E a desistência de Chávez diz muito. (Publicado no Palavra Aberta)

Tags:
4 comentários

Gana el SI con 54,36% frente a 45,63% del NO

 

Com a vitória do "sim" no referendo de ontem, que permite a Chávez eternizar-se no poder, a Venezuela dá um significativo passo atrás, em termos democráticos, e avança sem freios para a consolidação de um Estado autocrático.

10 anos de poder não chegaram a quem tanto prejudicou um dos países mais ricos do mundo.

Cerca de dois séculos depois, a Venezuela precisa de um novo Bolívar que a liberte da tirania do populismo que a afecta, corrompe e afunda na pobreza. (Publicado no Palavra Aberta)

Tags: ,
3 comentários

Dois meses depois de chamar a eleição de Barack Obama de um feito "histórico" que iria permitir a retomada de um diálogo "construtivo", o presidente venezuelano Hugo Chávez considerou que "não há muito a esperar" do presidente eleito dos Estados Unidos, a quem acusou de dar apoio aos seus adversários políticos.

A dois dias da posse de Obama, Chávez retomou seu habitual tom crítico em relação aos Estados Unidos, o "império" que, de acordo com ele, alimenta há anos a esperança de dar fim ao seu governo e até mesmo de matá-lo.

 

Obama ainda nem abrira a boca nem tomou uma decisão como Presidente dos EUA e Hugo Chávez já sentenciava o seu papel, de senhor do "império". Não surpreende. (Publicado no Palavra Aberta)

Tags: ,
comentar

En las elecciones regionales del próximo 23 de noviembre, los venezolanos elegirán un total de 603 cargos entre gobernadores, alcaldes, legisladores regionales y concejales. Pero el oficialista Partido Socialista Unido de Venezuela se ha propuesto promocionar a un solo candidato, que ni siquiera está inscrito en las listas de la contienda: el presidente Hugo Chávez.

  

Mais um exemplo da postura do pseudo-biblista-bolivarista.

Do partido do poder não há candidatos nem programas às regiões venezuelanas, só um nome, só um rosto, de modo a que seja omnipresente, com ambições de omnipotente em toda a Venezuela.

 

(Publicado no Palavra Aberta)

Tags:
1 comentário

Chavez: Sócrates é um "líder da nobre Europa"

 

Primeiro foi Rumsfeld, com nova e velha Europa. Agora é Chávez, com a nobre e, quiçá, pobre Europa.

Em suma, de um e de outro, bem se dispensam análises e qualificativos, pois as suas políticas, trágicas, dão-lhes pouca legimitidade para qualificar outros.      

 

Tags:
5 comentários

Caro Carlos,

 

Os povos do mundo estão cada vez mais pobres, principalmente os que habitam os estados africanos de que falaste, ou ainda os povos da América Latina, malvados povos, que escolhem ditadores para os governarem, esquecendo-se que a democracia só é perfeita se for como nós queremos, nós povos ocidentais, onde a pobreza e a fome são encobertas, onde há liberdade, mesmo que ao mesmo tempo recebamos ditadores nas nossas embaixadas, nos nossos palácios presidenciais e nas inúmeras cimeiras que organizamos. Quantos ditadores cometeram atrocidades milhares de vezes piores do que as de Hugo Chavez e continuam a ser bem tratados por nós ocidentais?

 

O Partido Socialista sempre soube compreender as razões das lutas dos povos, sempre se bateu, durante toda a sua história, por um pensamento socialista de cariz universal. Podemos chamar-lhe cartilha, mas neste caso as práticas confirmam a retórica, basta para isso observarmos a forma como Mário Soares tem defendido, em toda a Europa, a revolução Bolivariana de Hugo Chavez na Venezuela e paralelamente podemos também observar as relações amistosas mantidas pelo secretário-geral do PS, José Sócrates, enquanto primeiro-ministro, com o estado Venezuelano e com Hugo Chavez.

 

Walter Benjamin diria "que o anjo da história tem os olhos no passado, mas o ventos sopram do futuro". O futuro do mundo hoje promete-nos menos do que há 10, 20 ou 30 anos, o capitalismo está a ruir por ter demonstrado que a livre economia de mercado mais não é do que um jogo de soma nula, onde um cidadão, ou um um país, para ficar mais rico e poderoso, tem que enfraquecer outro cidadão, outro país. Os recursos não são inesgotáveis.

 

O Socialismo, livre e democrático é certo, faz cada vez mais sentido no século XXI. Os estados têm que se afirmar como motor de promoção da igualdade entre os cidadãos, colocando fronteiras ao livre comércio e ao capitalismo selvático. No panorama internacional é preciso aproximar os povos mais pobres da qualidade de vida dos mais ricos, para isso não basta a solidariedade, que nunca resolveu nada. É urgente criar mecanismos económicos para haver mais igualdade no mundo, neste contexto a Taxa Tobin quer me parecer poder ajudar. Fica o tema para debate. 

Tags: , , ,
1 comentário

Ouço-o e penso: como pode Mário Soares ser hoje o maior avalista deste demagogo incontinente na União Europeia?

 

Caro Pedro,

Não ouvi o pseudo-biblista-bolivarista, mas também me questiono como pode Mário Soares dar aval a este populista que em nada tem enriquecido a Venezuela e a América Latina, antes pelo contrário. 

 

Tags:
1 comentário

 

O Pedro Correia do, tantas vez elogiado, Corta-Fitas ataca Hugo Chavez e Mário Soares. Fala da cimeira dos "não alinhados" com pudor, com um estranho pudor, que surpreendentemente não utiliza ao falar das cimeiras do G8. Para ele Chavez é o supremo ditador, a revolução bolivariana é mais uma invenção dos malvados comunistas e Mário Soares é, nas suas palavras, "o maior avalista deste demagogo incontinente na União Europeia".

 

Condeno a grande maioria das acções de Hugo Chavez, nomeadamente aquelas que visam acabar com a imprensa livre na Venezuela, mas também reconheço o enorme papel que o mesmo tem tido na América Latina, fazendo pontes com o Brasil, entre as FARC e o governo de Úribe na Colômbia e acompanhando também de perto todo o processo de evolução do estado Cubano. Não consigo deixar de perceber também as sábias palavras de Mário Soares sobre Chavez, de facto o socialismo não morreu, os países pobres estão cada vez mais pobres e os países ricos continuam a infligir políticas capitalistas, especulativas e imperialistas sobre os mesmos.

 

Os povos da América Latina têm vindo a legitimar governos de esquerda, o que é normal, visto terem sido sempre massacrados pelos países capitalistas. É normal que um novo socialismo esteja a renascer no mundo e estes novos ventos sopram, inevitavelmente, da América Latina. Hoje como no século XIX continua a existir a exploração do homem pelo homem, logo o socialismo, numa versão democrática e evoluída é certo, continua a fazer sentido. Mário Soares tem razão e só isto assusta o Pedro Correia, tal como toda a direita.

 

Por fim gostava apenas de lembrar o Pedro Correia de que "do rio que tudo arrasta se diz violento, mas ninguém diz violentas as margens que o comprimem". Também Brecht tinha razão.

 

Publicado também no Aquela Opinião

Tags: , , ,
1 comentário

Hugo Chavez, esse grande democrata, deu mais um sinal de ponderação e bom senso, proibindo os Simpsons na televisão venezuelana, por serem "má influência".

Mudam-se os tempos, mudam-se os "terriveis amarelos".

O que será que Mário Soares pensa disto?

Mas bem vistas as coisas, as crianças venezuelanas ficam a ganhar.

Em vez de risos com os Simpsons irão passar a sorrir com as beldades de Baywatch!

Tags: , , ,

Pesquisar
 
Contactos
camaradecomuns@sapo.pt

Editorial

Visitantes online

Comentários Recentes
Para mim casamento deve ser entre um homem e uma m...
Caro RFCom a modéstia com que foi escrito, podes t...
N sei q espirito deus aspirou pr a Africa. este co...
Mocambique està mais que tudo isto, sinto d...
e há cartas que nunca chegam.
Aguem colocou esta carta excelente na página de PP...
Τambém gosto de brincar aos pobrezinhos.NUNCA MAIS...
Τambém gosto de brincar aos pobrezinhos.NUNCA MAIS...
Everdade este pais precisa de um bom governador k ...
Casino EstorilA falta de escrúpulos veio para fic...
Tags

todas as tags

Links

Esquerda

5 dias
A barbearia do senhor Luís (Luís Novaes Tito)
A Busca pela Sabedoria (Micael Sousa)
A Forma e o Conteúdo (José Ferreira Marques)
A Forma Justa (Tiago Tibúrcio)
A Linha-Clube de Reflexão Política
A Nossa Candeia (Ana Paula Fitas)
Absorto (Eduardo Graça)
Activismo de Sofá (João R. Vasconcelos)
Adeus Lenine
Arrastão
Aspirina B
Banco Corrido (Paulo Pedroso)
Bicho Carpinteiro
Câmara Corporativa
Câmara de Comuns
Cantigueiro
Causa Nossa
Cortex Frontal
Defender o Quadrado (Sofia Loureiro dos Santos)
Der Terrorist (José Simões)
Entre as brumas da memória (Joana Lopes)
Esquerda Republicana
Hoje há conquilhas (Tomás Vasques)
Irmão Lúcia (Pedro Vieira)
Jovem Socialista
Jugular
Ladrões de Bicicletas
Les Canards libertaîres
Léxico Familiar (Pedro Adão e Silva)
Loja de Ideias
Luminária
Machina Speculatrix (Porfírio Silva)
Maia Actual
Mãos Visíveis
Mário Ruivo
Metapolítica (Tiago Barbosa Ribeiro)
Minoria Relativa
O Grande Zoo (Rui Namorado)
O Jumento
O Povo é Sereno
Raiz Política
Rui Tavares
Spectrum
Vias de facto
Vou ali e já venho (André Costa)
Vozes de Burros

Direita

31 da Armada
4R – Quarta República
A Arte da Fuga
A Douta Ignorância
A Origem das Espécies (Francisco José Viegas)
Abrupto (José Pacheco Pereira)
Albergue Espanhol
Alunos do Liberalismo
Blasfémias
Causa Monárquica (Rui Monteiro)
Clube das Repúblicas Mortas (Henrique Raposo)
Corta-fitas
Delito de Opinião
Era uma vez na América
Estado Sentido
Geração Rasca
Herdeiro de Aécio
Macroscópio
Menino Rabino (Marco Moreira)
Mercado de Limões (Tiago Tavares)
Minoria Ruidosa (Miguel Vaz)
O Cachimbo de Magritte
O Diplomata (Alexandre Guerra)
O Insurgente
Ordem Natural (Rui Botelho Rodrigues)
Palavrossavrvs Rex (Joaquim Carlos Santos)
Portugal Contemporâneo
Portugal dos Pequeninos
Psicolaranja
República do Caústico (João Maria Condeixa)
Rua da Judiaria
Suction with Valcheck
União de Facto

Outros

A Baixa do Porto (Tiago Azevedo Fernandes)
A Cidade Deprimente
A Cidade Supreendente
A Terceira Noite
Clube dos Pensadores (Joaquim Jorge)
De Rerum Natura
É tudo gente morta
Horas Extraordinárias (Maria do Rosário Pedreira)
Notas ao Café
O Diplomata
Arquivo

Abril 2015

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008