1 comentário

As voltas que a política dá! E dará ainda mais, pois as cenas do próximo capítulo podem começar domingo à noite ou arrancam na segunda-feira.

 

Quanto ao que realmente importa, a Cidade de Lisboa e o seu futuro, do PPD nada há para apresentar nem projectar

Tags:
1 comentário

Guerra aberta no PSD. Helena Lopes da Costa, acusada por testemunhas de participar na compra de votos dentro do PSD-Lisboa, acusa a distrital de ter servido de fonte à Sábado para "um ataque a presidente do partido através das pessoas que a apoiam". "Com as posições que tem tomado não há nenhum dirigente do PS que faça melhor trabalho para os socialistas do que Carlos Carreiras", acusa Lopes da Costa

 

O PPD bem precisa de um debate interno, pois está a evidenciar não ter qualquer condição para analisar, reflectir e propor algo para Portugal.

 

Oxalá o maior partido da oposição regresse, em breve, à praça política sem estes episódios, degradantes para a qualidade da democracia. 

Tags:
2 comentários

Não considero Manuela Ferreira Leite uma xenófoba, pelo que disse ontem acerca de Espanha. Mesmo com aquela frase totalmente infeliz que as obras no nosso País só gerariam emprego em Cabo Verde e na Ucrânia.

 

Todavia, não deixo de considerar que a líder do PPD é de um vazio político atroz, quando disse que Portugal não era província de Espanha e que os espanhóis se queriam aproveitar de fundos comunitários´para fazer o TGV. Como se o mesmo não se aplicasse a Portugal, beneficiando de patrocínio europeu, para as redes transfronteiriças. Por isso mesmo é que existem pacotes europeus, para aprofundar as ligações entre os Estados-membros.

 

É lamentável que o partido do actual Presidente da Comissão Europeia tenha alguém que pensa o que considera de Espanha.

 

Finalmente, e não menos grave, a metáfora na parte final do debate de Ferreira Leite,  acusando Sócrates de poder chegar ao ponto de matar a mãe e o pai para dizer que é órfão.

 

Uma líder de um grande partido não se pode comportar e argumentar de forma irresponsável. Ferreira Leite demonstrou, ontem, por que não deve ser Primeira-Ministra de Portugal.

Tags:
7 comentários

Será que a captura de bandeiras é um novo módulo de formação?! 

Tags:
comentar

Pedro Santana Lopes deu instruções claras para que a lista de candidatos à Câmara de Lisboa não seja revelada, mas a polémica está instalada. O ex-líder do PSD não quer que a sua lista seja votada pela distrital de Lisboa e abriu ontem à noite ao início da reunião um braço-de-ferro com Carlos Carreiras. O mesmo acontece com Sintra.

 

Carlos Carreiras, líder da distrital laranja de Lisboa, sofre, num curto espaço de tempo, duas derrotas que fragilizam a sua liderança: primeiro com a lista de deputados, agora com os candidatos a Câmaras Municipais do distrito da capital, Lisboa e Sintra, a não querer qualquer análise e votação nos órgãos próprios do partido.

Tags:
1 comentário

Tags:
comentar

Quando a direita até já cita Francisco Louçã para argumnetar, está tudo dito quanto às causas que tem.

 

O Rodrigo pode não ter lido, mas acabou por descair-se, pois Louçã e Ferreira Leite comungam da mesma "coerência política"

Tags: ,
1 comentário

É o segredo mais mal guardado do PSD: Manuela Ferreira Leite vai ser cabeça de lista por Lisboa nas legislativas.

 

“Naturalmente”, nas palavras de um dirigente distrital ao PÚBLICO, o primeiro lugar do círculo mais importante fica reservado à líder. A distrital espera que Ferreira Leite utilize a lista de Lisboa para “renovar”, incluindo personalidades que estão a preparar o programa eleitoral do PSD.

 

Não se percebe como quer o PPD renovar e manter Ferreira Leite nas listas.

Tags:
1 comentário

O oráculo de Manuela Ferreira Leite tem um programa semanal na SIC Notícias sobre os media.

 

Mediante as considerações pessoais, completamente subjectivas, nem há um esforço de mostrar rigor, antes pelo contrário, o "dinamite cerebral" Pacheco Pereira lá vai distribuindo avaliações sobre notícias. Mas, atenção, Pacheco não é como Marcelo, que tem uma escala de 0 a 20. É outra escola. Pacheco emprega a velha e nunca abandonada dicotomia leninista: bom ou mau. Predominando sempre o péssimo e sendo ele o único óptimo, lá se assiste a um programa que quase podia estar à altura de ombrear com os Contemporâneos ou os Gato Fedorento.  

 

Num tempo em que o PPD apresenta uma líder que só quer rasgar, um oráculo que só sabe condenar e um candidato à maior Câmara do País que só quer enterrar, é de questionar: o PPD tem alguma coisa de construtiva para apresentar aos portugueses?

Tags:
comentar

Eduardo Cabrita voltou a questionar o Governo sobre os motivos para a não descida do imposto sobre produtos petrolíferos.

 

Manuela Ferreira Leite irritou-se e disse que o deputado socialista «tinha a obrigação de mostrar, perante os seus eleitores, que merecia o ordenado que recebe».

 

«Não merece o ordenado que recebe e é com isso que devia estar preocupado», sublinhou a ministra.

 

Para quem anda a falar e auto-considera-se a verdade, como Manuela Ferreira Leite, vale a pena relembrar atitudes que em tempos teve no Parlamento, onde educação e elevação foi o que não teve. Como aconteceu com o então deputado Eduardo Cabrita.

Tags:
2 comentários

Nos últimos dias entrou no vocabulário político português, pela expressão de Manuela Ferreira Leite, a palavra: rasgar. Pela parte da líder do PPD, se for eleita Primeira-Ministra de Portugal, tudo o que o PS fez é para "rasgar". Não haja dúvida que sentido de Estado e responsabilidade é o que não abona na líder da oposição.

 

Todavia, não se tem em conta que a palavra, e sobretudo o pensamento: rasgar, não são de Manuela Ferreira Leite. Nem pouco mais ou menos. Alguém, por acaso, se lembra de qualquer proposta de Ferreira Leite há um ano quando se candidatou a líder do partido. É impossível recordar, pois ela não apresentou nada. Aqui se passa o mesmo. Ela nada apresenta, limita-se a repetir o que Pacheco Pereira pensa e ela repete em público.

 

Se recuarmos uns anos, pouco mais de uma década, basta verificar qual a postura e palavras de ordem do então líder da distrital laranja de Lisboa - Pacheco Pereira: tudo o que é do PS é para rasgar.

 

A atitude e a tese voltam a emergir.

Tags:
1 comentário

Há uns anos, quando a Prisa (empresa espanhola de comunicação que é próxima do PSOE) adquiriu uma parte importante da TVI, a oposição, e o PPD em particular, acusaram o PS e o Governo de quererem controlar o canal de Queluz. Lá vinham os socialistas controlar uma televisão.

 

Volvidos estes anos, esta teoria da conspiração, como a realidade comprova, não vingou. E não passou de puro disparate.

 

Agora, por causa da possível venda da parte da Prisa à PT, lá volta o PPD a dizer que o PS e o Governo querem controlar o canal televisivo.

 

A demagogia volta a ser a mesma.

Tags:
comentar

Jorge Miranda é uma pessoa acima de qualquer suspeita e que reúne todas as condições para desempenhar o cargo de Provedor de Justiça.

 

O constitucionalista retira, agora, a sua candidatura a Provedor de Justiça, por uma birra de Ferreira Leite e os seus séquitos.

 

Para o PPD Jorge Miranda não tinha quaisquer condições para suceder a Nascimento Rodrigues: por ter sido indicado pelo PS.

 

Deplorável.  

Tags:
2 comentários

O PPD faz do TGV um cavalo de batalha constante. O mesmo partido que se comprometeu e assinou, em nome de Portugal, com Espanha a construção de linhas mirabolantes (recordemo-nos da linha Aveiro-Salamaca e Faro-Huelva), é o mesmo que agora coloca o projecto em causa (linhas estratégicas: Lisboa-Madrid e Porto-Vigo).

 

O Governo do PS fez bem em adiar a decisão do TGV para o próximo mandato. Este pode e deve ser um tema de campanha. Mas fazer dele o tema central e decisivo, como o PPD quer fazer, abdicando de um modelo social e económico para o País, que bem merece ser conhecido e discutido - as circunstâncias da crise mundial acabam por destacar esta importância, revela uma de duas coisas do partido liderado por Ferreira Leite: ou tem dois pesos e duas medidas, quando é poder faz uma coisa e quando está na oposição opõe-se ao que defendeu, ou não tem qualquer causa para Portugal e limita-se a fazer politiquice.

Tags:
3 comentários

Realiza-se na próxima Sexta - feira dia 5 de Junho o encerramento da campanha para as eleições Europeias com uma grande festa de encerramento no Mercado da Ribeira, em Lisboa. O evento terá início por volta das 19h30 e contará com as presenças da Presidente do partido Dra. Manuela Ferreira Leite, do candidato às Europeias, Paulo Rangel e do Presidente da JSD, Pedro Rodrigues.A entrada é livre e haverão vários motivos de animação.

 

A líder laranja dizia, há dias, que tinha terminado a era dos comícios. Pois bem, na próxima sexta-feira, Rangel e Ferreira Leite, não estarão num comício, mas numa "grande festa". Qual a diferença entre comício e grande festa? Nenhuma.

Tags:
comentar

Já se percebeu que Paulo Rangel não tem propostas nem causas para apresentar aos portugueses nestas eleições europeias. E as que tem, pretensamente, já existem, como a do Erasmus para o primeiro emprego. Assim, resta ao candidato laranja viver de uma campanha de truques baixos e hipócritas, baseado numa memória selectiva.

 

Ontem, pela deslocação de Sócrates a Valência e da presença de Zapatero em Coimbra, o candidato do PPD disse que José Sócrates estava a "importar instabilidade de Espanha". Que o PCP e o BE usem a hipocrisia, já é habitual - como o BE usou há pouco tempo, brincando com a taxa de desemprego dos jovens eslovacos - agora que o maior partido da oposição o faça, é sinal de desnorte e falta de elevação política.

 

Primeiro, Espanha tornou-se, não deste, mas de anteriores Governos, com o de Rangel incluído, um dos principais países de entendimento e negócios de Portugal. Como o nosso País se tornou um parceiro importante para Espanha. Aliás, Rangel usa argumentos tão falaciosos que se esquece quem negociou com o Governo espanhol o TGV - tem tanta vontade de defender Durão Barroso e criticar o actual Governo do PS, por causa do TGV, que a memória apaga-se, pois quem "projectou" as novas vias ferroviárias de alta velocidade foi Durão Barroso com o Governo, de Espanha, de Aznar.

 

Depois, por causa de uma entrevista dada por Sócrates ao "El País", em 2005, já como Primeiro-Ministro, na qual o governante português dizia que a prioridade nacional era "Espanha, Espanha, Espanha", e procurando fazer destas palavras a atitude do Governo português, como se Portugal só tivesse relacionado com Espanha nos últimos quatro anos, Rangel volta a ter memória selectiva. Se há Governo que mais diversificou uma política de negócios foi o actual. Isso verifica-se em relação à América Latina, ao Magreb, a Angola. Os resultados estão à vista. Mas Rangel omite.

 

Não haja dúvidam que Paulo Rangel se presta a realizar uma campanha repleta de desonestidade política.

Tags:
1 comentário

Se Manuela Ferreira Leite não sabe o que diz, Paulo Rangel apenas serve para corrigir o que a líder laranja diz.

 

De vez em quando, Rangel lá se lembra que é candidato ao Parlamento Europeu e, como lhe compete, apresenta uma proposta. A primeira, da rede autarcas europeus, correu mal. Afinal, já existe o Comité das Regiões.

 

Desta feita, sugere um programa europeu de emprego. E saiu-se mal outra vez, pois este também já existe.

 

Com uma líder sem causas nem rumo e com um candidato que pretende prometer a invenção da roda, quando esta já existe, o PPD continua a demitir-se da sua intervenção. Esperava-se melhor.

Tags:
2 comentários

Manuela Ferreira Leite só aceita coligar-se com o CDS, de Paulo Portas, caso os dois partidos obtenham a maioria no Parlamento. A líder do PSD põe assim termo a uma polémica que surgiu após uma entrevista à SIC, em que uma resposta sua levou a pensar-se que admitia o bloco central

 

Depois de se atrapalhar com as palavras e criado um call center, Manuela Ferreira Leite esclareceu o que quer dizer: coligação só com o CDS. Isto é, quer uma reedição dos mesmos rostos do Governo que teve políticas falhadas, que desbaratou o País e deixou-o de tanga.

 

Em suma, Ferreira Leite quer o regresso a um passado que não deixa saudades nenhumas.

Tags: ,
1 comentário

 

 

Depois do "Alô fala a Marta", surge o "Alô fala a Manela". Mas não se esqueça, é você que paga a chamada!

 

Porém, estranha-se como é anunciado um site e este apenas apresente um cartaz. Ou apresenta tudo aquilo que o partido liderado por Manuela Ferreira Leite tem para apresentar: nada.

 

O desnorte nas hostes do PPD é tal que de cartaz para cartaz a mensagem degrada-se e deteriora-se. Mas talvez seja um bom intérprete desta liderança laranja.

 

P.S.- Manuela Ferreira Leite aderiu às campanhas interactivas. O seu segundo cartaz remete para uma linha telefónica que pede contributos aos eleitores. Às vezes, ouve-se "Try again later".

Tags:
comentar

A lista de candidatos do PSD ao Parlamento Europeu, liderada por Paulo Rangel, é aprovada amanhã pelo Conselho Nacional do partido.  Mas está a gerar muita controvérsia nas regiões autónomas, sobretudo nos Açores, que não querem ficar em 10.º lugar. Manuela Ferreira Leite 'riscou' também a grande maioria dos nomes de 2004, incluindo Vasco Graça Moura.

 

Ferreira Leite adopta a fuga em frente e diz ser "política de verdade". Rangel vê um "jogo" entre Sócrates e Vital que não existe. E na casa partidária, as paredes abanam. E de que maneira! 

Assim, compreende-se certos argumentos e posturas da líder e do candidato ao Parlamento Europeu. Mais vale assobiar, fazendo de conta que a casa não está a vir abaixo. 

Tags:
1 comentário

Paulo Rangel pretende criar a "Rede de Autarquias Europa" (RAE), caso ganhe as eleições europeias do próximo mês de Junho.

 

Depois de nomeado, o candidato laranja ao Parlamento Europeu apresenta a sua primeira proposta: a criação da RAE. Será que o ainda líder parlamentar do PPD conhece a existência do Comité das Regiões?

 

Criado em 1994 pelo Tratado da União Europeia, o Comité das Regiões (CdR) é um órgão consultivo composto por representantes dos poderes locais e regionais da Europa. O CdR tem de ser consultado antes da adopção de decisões da UE no domínio da política regional, ambiente, educação e transporte - que afectam directamente os poderes regionais e locais.

 

É preocupante estar numa campanha eleitoral, nomeadamente para o Parlamento Europeu, e não ter a mínima noção do que existe no quadro europeu, do que está em causa e do que se propõe.

Tags:
1 comentário

O título da manchete do Sol, deste sábado, com as palavras de Santana, é a todos os títulos ilustrativo do estado em que se encontra o actual PPD: depauperado e sem rumo.

 

Perante uma liderança falhada, a escolha do cabeça de lista às europeias isso demonstra, com a indicação de um nome de recurso - e Passos Coelho surge na edição de hoje do Expresso a indiciar que vai colocar a cabeça de Ferreira Leite a prémio, caso o PPD não ganhe as europeias -, o "menino guerreiro",  

em mais um gesto de agradecimento a Ferreira Leite, por lhe ter deixado candidatar-se à Câmara de Lisboa, diz que o partido tem, agora, uma líder, como não teve com ele, Menezes ou Mendes. 

 

Em suma, com este assumir de posições, volta a estar na agenda laranja a convocação de eleições para a liderança do maior partido da oposição. Quando se esperava que o PPD estivesse a apresentar propostas para a UE e Portugal, o partido entra em disputa interna. Dentro de mês e meio se perceberá melhor.

 

Esperava-se e desejava-se mais de um partido que tem grandes responsabilidades.

Tags:
1 comentário

Por que razão Manuela Ferreira Leite se queixou de que não era ouvida o suficiente no País, designadamente pelo Governo PS? Segundo uma sondagem CM/Aximage, os inquiridos respondem à cabeça que se deve à falta de credibilidade: 12,5 por cento.

 

Falta de credibilidade é, de acordo com a sondagem do CM, o maior problema de Ferreira Leite. Assim se pode perceber o lema do PPD nestes dias, enquanto tenta arranjar alguém que queira assumir a lista ao Parlamento Europeu.

 

Tags:
4 comentários

Se os portugueses podem sentir orgulho de ter um Presidente da Comissão Europeia, à beira da reeleição - os militantes do PPD terão um sentimento de agrado redobrado, não deixa de ser confrangedor como o partido do Presidente da Comissão Europeia, a poucas semanas da importante eleição europeia, ainda não tenha um único nome para o Parlamento Europeu nem uma única causa.

A liderança de Ferreira Leite continua a demonstrar um vazio lamentável, para um partido que tem elevadas responsabilidades, tanto em Portugal como na UE.

Para a direita, PPD e CDS, que também não tem nenhum nome nem proposta, já se percebeu que as europeias são tema menor. Mas não são, como disse, e bem, Vital Moreira, pois este é um momento crítico e decisivo para a UE, dado o delicado momento em que nos encontramos.

Tags: ,
comentar

Os pescadores exibiram cartazes onde se podia ler: "Sócrates deixa-nos pescar", "Senhor ministro não pense as leis na retrete". Aos protestos dos pescadores juntaram-se os presidentes das câmaras de Vila do Bispo e Aljezur, e os deputados Mendes Bota (PSD), eleito pelo Algarve, e José Soeiro (PCP), eleito pelo círculo de Beja.
O líder do movimento de cidadãos promotor da iniciativa recusa qualquer associação a partidos políticos, e esclareceu que o movimento foi uma forma de mostrar o descontentamento e surgiu espontaneamente. "É uma contestação dos pescadores amadores que se sentem lesados, privados de um desporto que proporciona momentos de lazer", observou António Nunes.
Segundo aquele cidadão, a concentração "superou todas as expectativas, mas é um sinal e um aviso ao Governo, e que pode resultar em acções futuras de protesto a outro nível".
Sem especificar, António Nunes referiu que os protestos podem levar os pescadores a "bloquear estradas, nomeadamente a Via do Infante".
"É bom que o Governo tenha isso em mente", destacou. Os autarcas de Vila do Bispo e de Aljezur alertaram também para as consequências que a Portaria pode ter caso não seja revogada pelo Governo, que pode passar por um boicote às eleições que vão ocorrer este ano.
"Tenho conhecimento que estão preparadas acções futuras, que passam por um boicote às eleições".

 

Pescadores amadores de Portugal, uni-vos, a protecção do ambiente é o ópio dos politicos.

 

Um dia, com a provavel maioria relativa do PS, quando Cavaco quiser e a extrema esquerda deixar, Pedro Passos Coelho tem excelentes hipóteses de chegar subitamente a primeiro-ministro, espero que a partir de então estes assuntos sejam tratados com a seriedade que se exige a um "partido do arco da governação" como é o PPD...um dia!

A não ser que o PSD volte mais uma vez a ganhar ao PPD...

 

Adenda: O CDS vai requerer a realização de um debate parlamentar sobre a situação económica, como já vem sendo hábito, além de um melhor grupo parlamentar com maiores indices de produtividade, aproveitamento e visibilidade, e até melhor comunicação, consegue também marcar a agenda e estar em cima dos assuntos que mais interessam ao portugueses com opiniões finalmente coerentes (depois duma fase desgarrada de Paulo Portas antes das ultimas directas).A subir claramente de forma!

Tags: , ,
1 comentário

O PSD reagiu à sondagem publicada hoje pela SIC, pelo “Expresso" e pela Rádio Renascença onde os social-democratas voltam a descer, conquistando apenas 29,1 por cento das intenções de voto e onde a líder do partido, Manuela Ferreira Leite, perde 3,9 por cento de popularidade. De acordo um comunicado assinado pelo deputado Agostinho Branquinho e intitulado “A verdade e a falta de decência” a “manipulação dos estudos de opinião em momentos prévios a actos eleitorais é, infelizmente, uma prática muito comum, no nosso país”.

Poderá o País espantar-se se em Outubro se o PPD considerar que a votação dos portugueses é uma falsidade e falta de decência? Por este andar não me espantarei.

Tags:
2 comentários

cartazes afixados pela estrutura juvenil social-democrata que, sob o título "Pinócrates", exibem uma montagem fotográfica do primeiro-ministro José Sócrates com um nariz de Pinóquio e lhe atribuem a promessa incumprida de criar 150 mil novos postos de trabalho.

 

O Rui Paulo já se referira à Juventude do PPD como uma estrutura nas ruas da amargura, procurando surgir única e exclusivamente pelo insulto e difamação. Ora mais um caso desta postura acaba de surgir.

Primeiro, há um respeito institucional que deve prevalecer, mas isso, para a juventude laranja, é rasgado e deitado no lixo.

Depois, não sei em que mundo vivem. Basta ver em que circunstância está o mundo e como está o emprego no globo.

Dir-se-á: foi uma promessa de 2005. Correcta. Mas, verificando-se os três anos de mandato deste Governo, pode constatar-se que foram criados cerca de 100 mil postos de trabalho. Há quem diga: mas a taxa do desemprego não desceu. Verdade, porém deve ter-se em consideração que entraram mais activos para o mercado de trabalho. 

Nesta altura, em que os Governos nacionais tudo fazem para manter postos de trabalho, ainda ontem, e bem, o Governo português apresentou mais um conjunto de medidas para combater o desemprego, surge a juventude laranja a difamar e insultar de modo gratuito e sem razão o Primeiro-Ministro.

Este é um estilo muito próprio de um certo PPD, que já triunfou no partido e ainda anda por aí. Pena que os mais novos tenham essas referências menos críveis como modelo.

Tags:
comentar

A comissão política concelhia, liderada por Orísia Roque, vai pôr à votação, em princípio por braço no ar, uma proposta para que o CDS-PP concorra em coligação com o PSD.

 

Com receio de não eleger nenhum vereador, o CDS trepa para as costas do PPD à espera que este lhe garanta, pelo menos, um lugar da próxima vereação da Câmara de Lisboa.

Recorde-se que o CDS, sem procurar desgastar a sua imagem, já obteve bons resultados com este método, quando em 2004, nas europeias, Barroso averbou uma pesada derrota nas urnas, mas o CDS manteve os seus dois eurodeputados.

Resta saber se o PPD está disponível para libertar um ou dois lugares elegíveis para o partido do Caldas.

 

Tags: , ,
6 comentários

Caro Paulo Ferreira,

 

Há um facto concreto: uma votação acerca de um empréstimo para requalificar a área de Belém e Ajuda. Há uma tomada de posições, através de votação, dos partidos e movimentos com assento na Vereação da capital.

Constatou-se um facto: PPD e PCP não são favoráveis à requalificação de Belém e Ajuda. Por sinal, duas Freguesias nas quais estes dois partidos têm especiais responsabilidades por presidirem às respectivas Juntas de Freguesia. Talvez, para alguns, seria melhor não qualificar a cidade. Não é esse, felizmente, o entendimento da actual Câmara Municipal.

Há quem não diga nada sobre este assunto e se limita a enrolar um conjunto de gatafunhos insultantes sem falar do central: Belém e Ajuda vão receber melhorias urbanas.

Como não tenho, nem sei ter um tipo de delicadeza aviltante, faço minhas as palavras do Rodrigo há umas semanas, quanto ao formalismo de respostas neste blogue.

Tags: , ,
1 comentário

A Câmara de Lisboa aprovou hoje a contracção de um empréstimo junto do Banco Europeu de Investimento (BEI) de 16 milhões de euros para a reabilitação urbana da zona de Belém e Ajuda.

A proposta foi aprovada com os votos favoráveis do PS, Bloco de Esquerda e Movimento Lisboa com Carmona, registando-se votos contra do PSD e do PCP e a abstenção do movimento Cidadãos por Lisboa.

 

O PPD e o  PCP, que em Lisboa, condenam a Câmara Municipal por nada fazer pela cidade, voltam a mostrar a sua postura de opositora da qualificação de Lisboa. Assim se compreende o seu voto contra a reabilitação da área de Belém e Ajuda.

Os autarcas de freguesia, em especial do PPD e PCP, que presidem respectivamente às freguesias de Santa Maria de Belém e Ajuda,  que tanto sabem condenar, agora não culpam os seus Vereadores por esta (o)posição?

Comprova-se que esta Câmara trabalha para a cidade, bem como quem se opõe ao seu desenvolvimento. 

Tags: , ,

Pesquisar
 
Contactos
camaradecomuns@sapo.pt

Editorial

Visitantes online

Comentários Recentes
Para mim casamento deve ser entre um homem e uma m...
Caro RFCom a modéstia com que foi escrito, podes t...
N sei q espirito deus aspirou pr a Africa. este co...
Mocambique està mais que tudo isto, sinto d...
e há cartas que nunca chegam.
Aguem colocou esta carta excelente na página de PP...
Τambém gosto de brincar aos pobrezinhos.NUNCA MAIS...
Τambém gosto de brincar aos pobrezinhos.NUNCA MAIS...
Everdade este pais precisa de um bom governador k ...
Casino EstorilA falta de escrúpulos veio para fic...
Tags

todas as tags

Links

Esquerda

5 dias
A barbearia do senhor Luís (Luís Novaes Tito)
A Busca pela Sabedoria (Micael Sousa)
A Forma e o Conteúdo (José Ferreira Marques)
A Forma Justa (Tiago Tibúrcio)
A Linha-Clube de Reflexão Política
A Nossa Candeia (Ana Paula Fitas)
Absorto (Eduardo Graça)
Activismo de Sofá (João R. Vasconcelos)
Adeus Lenine
Arrastão
Aspirina B
Banco Corrido (Paulo Pedroso)
Bicho Carpinteiro
Câmara Corporativa
Câmara de Comuns
Cantigueiro
Causa Nossa
Cortex Frontal
Defender o Quadrado (Sofia Loureiro dos Santos)
Der Terrorist (José Simões)
Entre as brumas da memória (Joana Lopes)
Esquerda Republicana
Hoje há conquilhas (Tomás Vasques)
Irmão Lúcia (Pedro Vieira)
Jovem Socialista
Jugular
Ladrões de Bicicletas
Les Canards libertaîres
Léxico Familiar (Pedro Adão e Silva)
Loja de Ideias
Luminária
Machina Speculatrix (Porfírio Silva)
Maia Actual
Mãos Visíveis
Mário Ruivo
Metapolítica (Tiago Barbosa Ribeiro)
Minoria Relativa
O Grande Zoo (Rui Namorado)
O Jumento
O Povo é Sereno
Raiz Política
Rui Tavares
Spectrum
Vias de facto
Vou ali e já venho (André Costa)
Vozes de Burros

Direita

31 da Armada
4R – Quarta República
A Arte da Fuga
A Douta Ignorância
A Origem das Espécies (Francisco José Viegas)
Abrupto (José Pacheco Pereira)
Albergue Espanhol
Alunos do Liberalismo
Blasfémias
Causa Monárquica (Rui Monteiro)
Clube das Repúblicas Mortas (Henrique Raposo)
Corta-fitas
Delito de Opinião
Era uma vez na América
Estado Sentido
Geração Rasca
Herdeiro de Aécio
Macroscópio
Menino Rabino (Marco Moreira)
Mercado de Limões (Tiago Tavares)
Minoria Ruidosa (Miguel Vaz)
O Cachimbo de Magritte
O Diplomata (Alexandre Guerra)
O Insurgente
Ordem Natural (Rui Botelho Rodrigues)
Palavrossavrvs Rex (Joaquim Carlos Santos)
Portugal Contemporâneo
Portugal dos Pequeninos
Psicolaranja
República do Caústico (João Maria Condeixa)
Rua da Judiaria
Suction with Valcheck
União de Facto

Outros

A Baixa do Porto (Tiago Azevedo Fernandes)
A Cidade Deprimente
A Cidade Supreendente
A Terceira Noite
Clube dos Pensadores (Joaquim Jorge)
De Rerum Natura
É tudo gente morta
Horas Extraordinárias (Maria do Rosário Pedreira)
Notas ao Café
O Diplomata
Arquivo

Abril 2015

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008