1 comentário
Tags: ,
comentar
Tags: ,
2 comentários
Estudantes da Faculdade de Ciências criam Fundo Social de Emergência
Vida e Obra de Bernstein - O Fundador do Socialismo Democrático
Tags: ,
comentar

Cláudio Carvalho

Tags: , ,
comentar

 

No último mês, alguns de nós, andaram também pelo Alegro Pianíssimo: http://alegro.blogs.sapo.pt/

 

 

Cláudio Carvalho

Tags: , ,
comentar

 

Cláudio Carvalho (CC)

Tags: , ,
comentar

Bonus Pack

Vale a pena ler "Maradona", no habitual estilo corrosivo, após a parvoeira de José Manuel Fernandes.

 

 

Cláudio Carvalho (CC)

Tags: , ,
comentar

 

Por cá, recomenda-se ao pequeno-almoço o "Para políticos politicamente mais politiqueiros II" pelo Paulo Ferreira e ao almoço o post do Rudolfo de Castro Pimenta Os independentes são perigosos, já dizia Jorge Coelhone.

 

 

Cláudio Carvalho (CC)

Tags: , ,
comentar

Cláudio Carvalho (CC)

Tags: , ,
4 comentários

Quando de forma gratuita se insulta um outro blogger, no caso João Gonçalves, muito embora este nem sequer nos tenha dirigido palavra, isso só tem um nome: João Galamba.

Mas ao que parece não foi um insulto, foi antes uma verborreia desnecessária, o que o desculpa de tudo, pois claro.

 

Fica assim explicado porque razão linko tão pouco o Jugular. É que tenho medo que de forma carinhosa ofendam a minha mãe, em vez de tentarem ofender as minhas ideias.

 

PS: como sei que isto vai extrapolar, imploro antecipadamente para não pedirem à Paula Bobone que escreva um código de boas maneiras blogosféricas, sff...

Tags: ,
comentar

Já aí está -e sejam bem aparecidos! - um novo blogue que, se for como os autores, promete não baixar os braços, nem um segundo que seja. Sem filtro.

Tags:
3 comentários

Em nome de toda a equipa do CC queria agradecer ao Tiago Moreira Ramalho do Corta-Fitas e ao Tomás Vasques do Hoje há conquilhas amanhã não sabemos pela atribuição do novo prémio blogosférico "Deste, gosto mesmo".

Desde já os meus parabéns à Sofia Loureiro dos Santos pela criativa iniciativa.

Dos muitos e excelentes blogues por onde navegamos ficam apenas 15....daqueles que gostamos mesmo, mesmo!

  1. 31 da Armada
  2. O Cachimbo de Magritte
  3. Câmara Corporativa
  4. Corta-Fitas
  5. E Deus criou a Mulher
  6. Ladrões de Bicicletas
  7. O Insurgente
  8. O País Relativo
  9. O Canhoto
  10. O Delito de Opinião
  11. O Jumento
  12. Pedro Rolo Duarte
  13. Jugular
  14. Hoje há conquilhas, amanhã não sabemos
  15. Portugal dos Pequeninos

Adenda: seguindo a sugestão da Sofia fica aqui a principal noticia do dia em que o CC foi inaugurado, dia 1 de Abril de 2008.Para mim foi a ratificação do Tratado de Lisboa pelo Parlamento Polaco...mesmo, não foi noticia do Dia das Mentiras, ratificaram mesmo!

O que sucedeu depois, isso já é outra história.

 

Tags:
2 comentários

Um novo blogue, com uma excelente equipa, que recomendo vivamente, o Delito de Opinião.

Tags: ,
comentar

Parei de ler blogues por hoje. Ao saltitar de blogue em blogue, saía-me sempre a fava de uma transmissão em directo - até no nosso! -. Não que a iniciativa de Pedro Passos Coelho não seja boa, mas, assim de injecção, obrigou-me a navegar mais para o lado esquerdo da blogosfera. E aí fui eu descansar....

Tags:
3 comentários

Só recentemente descobri o actual fenómeno da blogosfera.

A Pipoca Mais Doce é um blog bem escrito, de boa leitura, divertido e mordaz.

Se fosse do sexo feminino certamente que lá iria mais vezes.

Com uma média de quase 3000 (sim, três mil) visitas diárias,A Pipoca Mais Doce merece um Time Out diário.

 

Tags: ,
1 comentário

Das boas coincidências que podem acontecer, é entra-se numa nova empresa e chegar à conclusão que se trabalha com um blogger que, já antes, se costumava seguir, ainda que esporadicamente.

 

Melhor ainda é perceber que a pessoa que anima o blog ainda arranja espaço para ser mais divertida do que no Espumadamente deixa transparecer. Divertido, conhecedor, é um autêntico e genuíno contador de histórias.

 

Devia-lhe esta referência. Os meus parabéns ao Nelson Reprezas pelo que escreve e pelo que conta.

Tags:
comentar

Ao que parece, este blogue tem já uma série de links para a LPM. Nada contra. Mas como recebi há uns dias um convite por mail da Cunha Vaz e achei que era importante equilibrar as coisas, divulgo agora o evento a que tenho muita pena de não poder ir. Depois dele talvez conseguisse ser uma mais valia no Câmara de Comuns. Até lá, mantenho-me como o Camões de serviço. E não é pela prosa, entenda-se!

 

Tags:
comentar

Depois de ter surgido há uns anos, o País Relativo, após um interregno demasiado prolongado (da óptica de quem apreciava a qualidade e pertinência do seu conteúdo), regressa ao activo. Com alguns dos fundadores do antigo País Relativo e com novos e creditados participantes, este é um blog a visitar regularmente.

 

Um abraço em especial ao Tiago Barbosa Ribeiro, que se envolve num novo projecto blogosférico, depois de ter dedicado quase três anos ao excelente Kontratempos.

Tags:
1 comentário

Que divertido, existem dois Alexis de Tocqueville liberais no mundo, por Francisco Mendes da Silva no Atlantico
 

Tags: ,
comentar

 

Não sei se o João Villalobos é hippy, como afirma o Miguel Abrantes. Acredito sim que use havaianas, mas apenas porque o próprio o admitiu. No entanto, acredito, mais ainda, que nada disto é relevante para a discussão política.

 

Não sou do PSD, mais do que isso, não gosto da Manuel Ferreira Leite, nem do António Borges e nem mesmo do Passos Coelho, sendo ainda o único por quem sinto alguma admiração. Sou sim social-democrata, militante do Partido Socialista e radicalmente contra a privatização da Caixa Geral de Depósitos - mas também, não é nada disto que está a ocupar a discussão na blogosfera.

 

Trata-se aqui de percebermos se um membro de uma comissão política de um partido, seja ele qual for, com excepção do PCP, tem a liberdade de emitir uma posição que seja contrária à do seu líder. O que o Rodrigo tentou explicar ao Villalobos é que isto é normal numa democracia. O que eu tentei explicar ao Villalobos é que não percebi o facto dele ter ido buscar o Passos Coelho para a conversa. O que o Miguel Abrantes tentou foi avacalhar a conversa. Tudo isto deu origem a fellatios, a charros mal fumados, a avacalhanços e a havaianas.

 

Se agora ninguém me compreender, principalmente o Villalobos, eu é que prometo pendurar os sapatos de vela. Ou não.

Tags: , , , , ,
1 comentário

Embirrei com a google/blogspot a partir da "censura" ao E deus criou a Mulher, agora foi a vez de outro dos meus blogs favoritos, O Jumento.

Mas quem é que se queixa de algumas fotos artísticas sem nada de mal excepto a perversidade, trauma, fobia ou inveja de algum pseudo-leitor?

No caso destes visados é apenas gente rasca....

Qual é o código de "conduta" da google/blogspot?

Parece ter sido redigido nalgum altar religioso ultra-ortodoxo ou em cima de algum mural marxista-leninista...

 

 

Tags: , ,
comentar

 

 

O Pedro Picoito notícia que o Cachimbo de Magritte fechou para férias, até Setembro e os motivos são tão válidos como outros quaisquer. Da nossa parte ficam saudades e um até já. Mas cuidado, uma direita adormecida e a banhos, é de certeza mais perigosa do que a direita perdida nos corredores de S. Caetano à Lapa e do Largo do Caldas. Que o diga eu que sou de esquerda.

Tags:
1 comentário

 

A revista Magazine Grande Informação de Julho e Agosto está nas bancas. Esta publicação é dirigida pelo nosso colega de blog Otto Czernin e conta com uma crónica de opinião do também blogger CC Pedro Quartin Graça. Neste número iniciei uma participação sobre blogosfera de nome "Apanhados na Rede". À venda em qualquer quiosque, bomba de gasolina e afins. Uma boa leitura para este Verão.

 
Citações da Edição Julho/Agosto da MGI - "Apanhados na rede" - por João Gomes:
  
só os betinhos não fumam nos aviões”
 
Rodrigo Moita de Deus (www.31daarmada.blogs.sapo.pt)
 
“A minha mulher ligou-me agora. Bateu com o carro. O meu carro. Bateu com o carro numa mota. A minha mota. Num único acidente fiquei sem carro e sem mota. E não fiz nada. Juro que não fiz nada.”
 
Rodrigo Moite de Deus (www.31daarmada.blogs.sapo.pt)
 
“- Sabes que o clima está a mudar? 
- Essa AlGore”
 
Arcebispo da Cantuária (www.arcebispodacantuaria.blogs.sapo.pt)
 
“Pedro Santana Lopes estava com cara de "Vou continuar a andar por aí". Mário Patinha Antão estava com cara de "Eu é que sou presidente da Junta." Pedro Passos Coelho estava com cara de "Liberal, eu?!". Manuela Ferreira Leite (será obrigatório ter três nomes para concorrer à presidência do PSD?) estava com cara de "Tirem-me daqui."”
 
Pedro Correira (www.corta-fitas.blogs.sapo.pt)

 

“Isto do futebol funciona mesmo...já nem me lembro das taxas de juro nem dos preços dos combustíveis! Porreiro.”

 
Paulo Ferreira (www.camaradecomuns.blogs.sapo.pt)
 
“Acabo de ver o ministro da Ota na televisão a dizer que não cede a pressões, devido ao camionistão. Tradução: camionistão igual a buzinão do socratismo. Tradução: ministro da Ota igual a ministro que conseguiu cumprir a sua palavra e construiu um aeroporto na Ota.”
 
Jorge Ferreira (www.tomarpartido.blogs.sapo.pt )
 
“Na entrevista a Pinto da Costa, enquanto ornamentava uma pergunta, Rodrigo Guedes de Carvalho elogiou o Futebol Clube do Porto. Terá o jornalista recebido um fio de ouro?”
 
José Pedro Costa e Silva (www.lobi.blogs.sapo.pt)
 
“Fico contente por termos ganho mas não consigo deixar de pensar em todo um povo que turquia pela outra equipa.”
 
Arcebispo da Cantuária (www.atlantico.blogs.sapo.pt)
 
“gostava de avançar com a seguinte questão: porque é que os estrumpfes andam todos com uma boina frígia? Mensagem republicana subliminar para as criancinhas? Pelo menos comigo funcionou.”
 
Oppenhemeir (www.boinafrigia.blogspot.com)
 
“A decisão do Tribunal de Lisboa é que é uma verdadeira "tourada", ora vejamos: Uma censura, supostamente liberal, contra os conservadores, a favorecer os fundamentalistas. Estou confuso!”
 
Rodrigo Saraiva (www.camaradecomuns.blogs.sapo.pt) – sobre a polémica da RTP só poder emitir a tourada depois das 22:30
Tags: ,
3 comentários

Parabéns a todos os colaboradores do Câmara de Comuns! Hoje foi um grande dia. Consultei o ranking da blogosfera, através do Weblog.com.pt e verifiquei que somos o 69º blog mais lido em Portugal.

Tags:
1 comentário

Hoje, todos os que nos envolvemos nesta acção (que foram muitos mais do que aqueles que ficaram a constar da lista), sentimos também como nossa a vitória que representa a libertação de Ingrid e penso, perdoem-me a imodéstia, que nos devemos sentir orgulhosos por ter despoletado em Portugal as atenções que depois a comunicação social amplificou, juntando o nosso País a um movimento mundial que nunca deixou morrer o assunto.
Ingrid está viva e livre.

 

O Luís Tito refere, e muito bem, o que se pôde sentir em Portugal com a libertação de Ingrid Betancourt. Em especial as pessoas que há dois anos, sensivelmente, destacaram, através da blogosfera nacional, o que se passa(va) na Colômbia. Talvez a iniciativa da blogos nacional que até hoje mais impacto teve. Desde então, Ingrid não foi nome estranho. E hoje é-o muito menos, felizmente, por boas razões.

E tudo começou, na altura, com um breve escrito.

Tags: ,
2 comentários

Como verifiquei que o AAA já postou esta excelente peça humorística no Insurgente, julgo que alguns sectores da sociedade afectados de alguma forma por esta critica construtiva não poderão acusar o Câmara de Comuns de os descriminar positivamente dando-lhes particular atenção....o Insurgente também dá!

 

Como é que alguém como eu pode ter como blogs favoritos O Jumento e O Insurgente?

Estou mesmo a precisar de férias....é que eu ainda leio o Blasfémias e o Ladrões de Bicicletas, o Corta-Fitas e o Cachimbo de Magritte todos os dias...para não falar do Atlântico e do Câmara Corporativa, se ao menos a Imprensa escrita fosse tão interessante e estimulante como a Blogosfera!

 

 

 

Tags:
comentar

Eu não sou engenheiro, nem procuro amante, mas esta vale a pena acompanhar.

 

Eis a Amante do Sr. Engenheiro!

 

E até tem o Câmara linkado!

 

agradeço ao Diplomata a dica.

 

Tags: ,
3 comentários

O João Gonçalves caíu no mais rídiculo dos machismos primários, a crítica fácil a Zapatero, acusando-o de utilizar as suas ministras como bibelots. Na verdade, o facto do PM espanhol colocar uma ministra da defesa, grávida por sinal, a fazer a revista aos militares é um sinal de modernidade, um sinal de progresso, a que muita gente é completamente alérgica.

 

De facto estas senhoras não são bibelots, por não o serem estão na política, por não o serem são ministras, por não o serem são atacadas pela direita e por não o serem Zapatero e o PSOE as promovem. As polémicas têm esta característica, incomodam sempre os conservadores e fazem a sociedade civíl gerar uma discussão.

 

Zapatero pelos vistos conseguiu os dois objectivos da polémica, incomodou muitas mentes machistas e gerou uma discussão, sobre o papel das mulheres na política.

 

Ao contrário do que o João Gonçalves pode pensar, este sinal, dado pelo governo espanhol ao mundo, é um sinal necessário, que vai despertar as consciências para esta discussão. Na interpretação do João Gonçalves talvez seja só marketing, na minha é progresso.

Tags: ,
comentar

Caro Paulo Gorjão,

Pelo  que compreendi do seu texto, chegamos a duas conclusões: efectivamente a blogosfera tem os seus donos e como é óbvio torna-se difícil entrar na mesma, ou se preferir, fazer-se ouvir no meio. Trouxe no entanto para o debate alguns dados novos, na verdade qualquer um pode fazer um blog, nisso difere da imprensa, que como disse e bem, implica custos, tiragens e meios completamente diferentes dos da blogosfera. Talvez por isso este meio seja mais democrático do que qualquer outro, penso que aqui também concordamos.

Convém então reflectir sobre a alergia dos políticos, ou se quisermos de uma grande maioria, em relação à blogosfera. Aqui podemos reflectir sobre as expectativas das quais o Paulo Gorjão falava, que dizia serem “irrealistas”. Na verdade, afirmo simplesmente aquilo que já havia dito antes, os deputados, por norma, têm alergia às novas tecnologias, não conseguindo se quer lerem mails.

O problema não está na blogosfera, por muito fechada que seja, mas também não está nas expectativas que os políticos têm, ou deixam de ter, da blogosfera. O que existe é um problema de envelhecimento da classe política, cada vez mais fechada à juventude, onde os mesmos rostos se repetem, onde os protagonistas são sempre os mesmos – protagonistas estes que mal sabem o que é um blog.

Tags: ,
6 comentários

«Em Portugal, com excepção do Pacheco Pereira que está em todo o lado, não me lembro de nenhum político que tenha ganho por estar permanentemente na blogosfera», sublinhou António Pires de Lima (Público, 13.4.2008: 42).

Esta é a frase da polémica. Que o Paulo Gorjão analisou assim:

O João Villalobos não concorda e diz que há políticos na blogosfera:

“Bom..muitos deles e delas são deputados eleitos da nação, para a Assembleia ou o Parlamento Europeu. O problema é que se fala sempre dos mesmos e se confunde a parte com o todo. E é essa confusão, quotidiana e muito para lá do mundo dos blogues, que torna a imagem dos políticos tão desfocada como a de um espelho de feira.” Corta Fitas

Na verdade, acho que a blogosfera é cada vez mais apetecível para os políticos, no entanto, quer me parecer que a maioria dos deputados não sabem, nem querem saber, utilizar um blog, ou fazer algo mais complexo do que ler um mail. Eu sei que isto é triste, mas é a mais pura realidade.

Muitos políticos há e o Câmara de Comuns é um exemplo, que tentam, ainda assim, entrar na blogosfera, quer me parecer é que a blogosfera é um meio pequeno que, como disse um dia Marcelo Rebelo de Sousa, já tem os seus donos e onde é difícil entrar. Acho que quer o Paulo Gorjão, como o João Villalobos sabem disso.

Espero que este projecto tenha ajudado a acabar com o preconceito dos políticos face à blogosfera.

Tags:

Pesquisar
 
Contactos
camaradecomuns@sapo.pt

Editorial

Visitantes online

Comentários Recentes
Para mim casamento deve ser entre um homem e uma m...
Caro RFCom a modéstia com que foi escrito, podes t...
N sei q espirito deus aspirou pr a Africa. este co...
Mocambique està mais que tudo isto, sinto d...
e há cartas que nunca chegam.
Aguem colocou esta carta excelente na página de PP...
Τambém gosto de brincar aos pobrezinhos.NUNCA MAIS...
Τambém gosto de brincar aos pobrezinhos.NUNCA MAIS...
Everdade este pais precisa de um bom governador k ...
Casino EstorilA falta de escrúpulos veio para fic...
Tags

todas as tags

Links

Esquerda

5 dias
A barbearia do senhor Luís (Luís Novaes Tito)
A Busca pela Sabedoria (Micael Sousa)
A Forma e o Conteúdo (José Ferreira Marques)
A Forma Justa (Tiago Tibúrcio)
A Linha-Clube de Reflexão Política
A Nossa Candeia (Ana Paula Fitas)
Absorto (Eduardo Graça)
Activismo de Sofá (João R. Vasconcelos)
Adeus Lenine
Arrastão
Aspirina B
Banco Corrido (Paulo Pedroso)
Bicho Carpinteiro
Câmara Corporativa
Câmara de Comuns
Cantigueiro
Causa Nossa
Cortex Frontal
Defender o Quadrado (Sofia Loureiro dos Santos)
Der Terrorist (José Simões)
Entre as brumas da memória (Joana Lopes)
Esquerda Republicana
Hoje há conquilhas (Tomás Vasques)
Irmão Lúcia (Pedro Vieira)
Jovem Socialista
Jugular
Ladrões de Bicicletas
Les Canards libertaîres
Léxico Familiar (Pedro Adão e Silva)
Loja de Ideias
Luminária
Machina Speculatrix (Porfírio Silva)
Maia Actual
Mãos Visíveis
Mário Ruivo
Metapolítica (Tiago Barbosa Ribeiro)
Minoria Relativa
O Grande Zoo (Rui Namorado)
O Jumento
O Povo é Sereno
Raiz Política
Rui Tavares
Spectrum
Vias de facto
Vou ali e já venho (André Costa)
Vozes de Burros

Direita

31 da Armada
4R – Quarta República
A Arte da Fuga
A Douta Ignorância
A Origem das Espécies (Francisco José Viegas)
Abrupto (José Pacheco Pereira)
Albergue Espanhol
Alunos do Liberalismo
Blasfémias
Causa Monárquica (Rui Monteiro)
Clube das Repúblicas Mortas (Henrique Raposo)
Corta-fitas
Delito de Opinião
Era uma vez na América
Estado Sentido
Geração Rasca
Herdeiro de Aécio
Macroscópio
Menino Rabino (Marco Moreira)
Mercado de Limões (Tiago Tavares)
Minoria Ruidosa (Miguel Vaz)
O Cachimbo de Magritte
O Diplomata (Alexandre Guerra)
O Insurgente
Ordem Natural (Rui Botelho Rodrigues)
Palavrossavrvs Rex (Joaquim Carlos Santos)
Portugal Contemporâneo
Portugal dos Pequeninos
Psicolaranja
República do Caústico (João Maria Condeixa)
Rua da Judiaria
Suction with Valcheck
União de Facto

Outros

A Baixa do Porto (Tiago Azevedo Fernandes)
A Cidade Deprimente
A Cidade Supreendente
A Terceira Noite
Clube dos Pensadores (Joaquim Jorge)
De Rerum Natura
É tudo gente morta
Horas Extraordinárias (Maria do Rosário Pedreira)
Notas ao Café
O Diplomata
Arquivo

Abril 2015

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008